quinta-feira, 3 de abril de 2008

Conceitos

Thiago Floriano
03/abr/08

Acho que estou com amnésia. (...) Ou seria anamnese? (...) Minha memória não está das melhores. Qual a diferença? Amnésia... anamnésia? Por que mesmo estou quebrando cabeça com isso? {...[...(...)...]...} Ah! Claro. Tenho algumas recordações agora. Mas... recordação é amnésia ou anamnese? (...) Não importa. Foi um acidente. (...) Acidente de trânsito ou vascular? Nem lembro o que significa “vascular” mesmo. Deve ser a tal de amnésia. Ou seria a anamnese? [...(...)...] Alguém me ajude, estou confuso. Sim, é isso! A culpa é do Confúcio, seja lá quem for!

10 comentários:

Vivi disse...

Divertido a apresentação do texto com esses intervalos de esquecimento. Muito criativo!

Anônimo disse...

Consegui visualizar um homem sentado na calçada tentando lembrar-se onde estava, como foi parar ali...
Bom texto.

Anônimo disse...

excelente!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rodrigo Oliveira disse...

Bom, em alguma coisa nós concordamos. Vc tá doente. =)E foi desenterrar esse anamnese, hein?

Marina Melz disse...

hahahaha pedra, papel e Rodrigo!

Félix B. Rosumek disse...

alguém pode explicar pro cara das ciências naturais o que é uma anamnese?

Thiago Floriano disse...

ainda não entendi o 'pedra, papel e rodrigo'... e olha que to tentando... vou ficar pensando nisso mais um pouco... se não tiver jeito, pergunto... HAHAHAHA

félix:
a.nam.ne.se
sf (gr anámnesis) 1 Reminiscência, recordação.

Félix B. Rosumek disse...

minha hipótese é que tenha algo a ver com o comentário excluído... pedra, papel, rodrigo, passar a tesoura no comentário, não é um chute razoável?

eu poderia falar em vez de "recordar", "anamnesear"? eu anamneseio, tu anamneseias, ele anamneseia...

Anônimo disse...

eu não me anamneseo dessa anamnese.