quinta-feira, 5 de junho de 2008

Dois

Ele era loiro, alto, tinha a barba por fazer e um jeitão de bom moço que o tornava o perfeito príncipe encantado. Ela olhou meio de lado, disfarçando. Ele sorriu e piscou. Ela enrubesceu. Ele virou-se em sua direção, mas não disse nada, apenas a olhava meticulosamente. Ela, já corada, desviou o olhar. Ele reparou no seu cabelo, no seu sorriso e nos seus trejeitos. Ela reparou no seu penteado moderno, na jaqueta da moda e nos sapatos impecáveis. Ele se apaixonou sem notar que ela era ciumenta, possessiva e egoísta. Ela se apaixonou sem notar o anel dourado que ele carregava na mão esquerda.

2 comentários:

Juca disse...

Vou te processar por usar minha imagem!

Marina Melz disse...

e eu por usar a minha!