terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Minhas férias

Primeiro dia de aula. Fotolito chega na sala na expectativa de reencontrar seus colegas e correr pela escola.Entra um pouco atrasado para a primeira atividade. A professora já está falando.

- Este ano tive uma idéia brilhante. Cada um de vocês vai escrever uma redação contando suas férias. Como ninguém pensou nisso antes?

As crianças olhavam umas para as outras, desconsoladas. Fotolito já pensava além. Ele sabia que não se contentaria em contar seu passeio à praia ou ao parque aquático, precisaria inovar. Pegou seu Minidicionário de Língua Portuguesa e começou a escolher palavras aleatoriamente. Seria ele, o dicionário, um guia, como um sacerdote que, com suas palavras orienta multidões.

Nessas férias eu fugi de casa. Eu fugi pra não aturar meus pais caducos e manipuladores. Eu peguei o dinheiro pra comprar pão, entrei num ônibus e sumi pro campo. Um camponês gostou de mim. Ele me ofereceu uma bala e um trabalho escravo. Eu não aceitei a bala. A lida na roça não era uma das situações mais incômodas, mas o que me chateava mesmo era estar naquele lugar recôndito, longe de todos os meus amiguinhos. Quando minhas forças já estavam se extinguindo eu fugi de volta pra casa. Meu pai me deu uma surra. Fim

8 comentários:

Félix B. Rosumek disse...

o comentário sobre o texto da marina poderia se encaixar em partes aqui. mas são formas inteiramente válidas de lidar com a proposta. a professora certamente ia ficar assustada com o texto do pequeno fotolito...

e o tio dá ponto negativo pelo atraso! ;)

Rodrigo Oliveira disse...

repito os comentários do félix.

fabioricardo disse...

velho, se tu nao avisasse q era um exercício em sala de aula, e contasse a historia de um menino que fugiu de casa e foi trabalhar na roça, conseguiria usar todas as palavras sem deixar elas assim tão forçadas.

Era só pensar um pouco mais no assunto.

Labes disse...

Tô com o Fábio. No entanto, rola um ludismo irônico aqui. Fotolito é um nome incomum para uma criança incomum e isso diz muito.

Lori e Elisandra disse...

Olha gente eu achei mara....rápido e certeiro....um texto rápido e com humor....kkkk...Parabéns Elis

Thiago Floriano disse...

Veleu pela dica, Fábio... talvez pudesse ter ficado melhor mesmo, mas dessa vez eu quis encaixar algo que pudesse ser um conto qualquer do Fotolito...

Thiago Floriano disse...

Ah... Labes... esse personagem é um personagem que foi criado para o meu blog pessoal, se quiser conhecê-lo melhor é só dar uma espiada por lá... abraço

Sílvia Mendes disse...

eu adoro o Fotolito ^^