quarta-feira, 17 de junho de 2009

Tapete

Não era mingau.

7 comentários:

Anônimo disse...

PÔ, Fábio.
Quando falei que me lembrou a música dos Garotos Podres, não precisava avacalhar, né, não?

Rodrigo Oliveira disse...

Então, até já falei com vc sobre isso, por cima. Aqui no Duelo, de alguma forma, o tema faz parte do texto. Ainda que seja um aspecto extratextual. Dá pra viajar numa análise interessante a partir dessa constatação, eu acho. Mas qto ao texto, até por isso, acho que fora do Duelo, ele perde um pouco da força e muito do impacto. Sem saber previamente o tema, a piada acaba tangenciando o leitor. Será que ele sobreviveria em outro ambiente, enquanto texto? Talvez, mas fica a idéia.

Fábio Ricardo disse...

Definitivamente a ideia nao sobreviveria a outro ambiente (se nem nesse parece ter sobrevivido), mas a proposta é justamente essa. Esse é um texto feito para o Duelo. Como conversamos, não teria a mínima graça publicar ele no meu blog. Aqui, ele tem um toque diferenciado que é o de brincar com o tema e ser minimalista. Toda a história acontece na cabeça do leitor, e não na tela do pc.
Tbm é um microconto com publico alvo bem definido: só quem conhece a música é que vai entender.

(e por mais incrível que possa parecer, isso não é um filler. por sinal, foi o primeiro texto a ser produzido na rodada, ainda no dia 11)

JLM disse...

ñ conheço a música, mas gostei.

Vivi disse...

Eu também não sei de qual música se trata. Mas, para mim, pouco importa. O interessante é que como texto funciona e se apresenta para além da música ou qualquer outra fonte de inspiração. Gostei muito e cabe na proposta experimental de vocês.

Bjs

Félix B. Rosumek disse...

Para uma piada, legal.

Félix B. Rosumek disse...

Pensei melhor e, além da piada, realmente há uma proposta por trás disso. É algo que eu mesmo teria feito há algum tempo atrás. O "cabum" foi nessa mesma direção. E também tinha sido pensado na época.

De qualquer modo, este é disparado o texto com maior relação "tamanho / discussão" de toda a história!